Perfil Empresa

Em outubro acontece a eleição para o conselho tutelar de todas as cidades do Brasil. Nessa eleição são escolhidos cinco conselheiros tutelares e cinco conselheiros suplentes que formação a direção do Conselho Tutelar de Gravatá.

Por lei cada conselheiro recebe um salário de R$ 4 mil reais por mês e não é subordinado ao prefeito, ou seja, o prefeito não pode demitir a seu bel prazer porque eles não são cargos comissionados do município, não são ligados à gestão que está administrando a cidade.

Uma das exigências que a lei exige para os candidatos a conselheiro é que eles já desenvolvam atividades de defesa da criança e do adolescente, seja em associações, seja em parceria com empresas que trabalham para ajudar aos carentes, em orgãos públicos, etc, a fim de garantir que a eleição não se transforme numa disputa meramente eleitoral em função do salário pago.

Para que o candidato seja bem preparado será oferecido o curso de Conselheiro Tutelar com matérias específicas e necessárias às tarefas que serão desenvolvidas quando da eleição para o conselho, entre as quais destacamos: marketing pessoal, marketing digital, oratória, redação, legislação e prática dos conselheiros.

Para fazer a sua inscrição acesse: www.capacitacursos.com.br/perguntaqui ou passe um zap para 81 999892523.

 

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.
Câmbio
Dolar R$ 4,09
Euro R$ 4,57
Café Rota 232 ir para o canal
Vídeo
Vídeo
Curta nossa página