Perfil Empresa

lupaTenho acompanhado ao longo da minha carreira como corretor de imóveis muita gente se arrependendo depois de ter fechado o negócio, ou seja, depois de ter comprado a casa que tanto sonhou, são distratos onde as pessoas em geral ficam no prejuízo, perdendo parte do dinheiro que deu, ou então ações na justiça que em geral demoram muito.

Isso se deve a vários fatores como urgência para adquirir um imóvel, oportunidade única a primeira, localização ideal e muitos outros. Mas, entre esses o que mais prejudica quem vai comprar a casa própria é a emoção.

Devido ao grande desejo de ter um imóvel as pessoas se deixam levar de forma ingênua por vários tipos de pessoas destacando, estelionatários, falsos corretores, empresas inidôneas, vigaristas e muitos outros modelos de enganar que daria para encher várias páginas contando os casos de pessoas que caíram em golpes imobiliários.

Esses golpes têm aumentado consideravelmente depois da internet e da explosão de portais imobiliários que dispensam a figura do corretor, ou mesmo que aceitam qualquer um se passar por corretor, deixando o cliente nas mãos dos aproveitadores.

Para evitar que tudo isso o cliente vamos partir de agora ajudar tanto o corretor ético e honesto quanto o cliente a fazerem um negócio que seja bom para os três lados, porque no mercado imobiliário o negócio só é bom, quando é bom para três: o cliente, o corretor e o construtor.

Por isso, a primeira ação para comprar a casa sua própria passa obrigatoriamente pela escolha de um corretor de imóveis credenciado junto ao Creci, em dia com suas obrigações, reconhecido como um profissional sério e honesto no mercado onde atua.

Dessa forma, em cada uma das etapas para adquirir a casa própria você tem que ter em mente que essa transação é definitiva, é para toda vida, envolve toda família e por isso não pode ser feita de forma apressada, cheia de emoção, num impulso e sendo levado na conversa de vendedor.

Veja agora cinco dicas para quem quer comprar um imóvel

contrato

1ª – ANÁLISE DO CONTRATO

Não assine o contrato na emoção. Peça uma cópia do contrato, leve para um advogado ou um especialista documentação imobiliária fazer uma revisão e verificar se tem cláusulas abusivas ou que gerem dificuldades no futuro.

Depois de ler o contrato fazer as correções necessárias e concordar com os termos, é hora de se certificar de que o imóvel não vai ser uma dor de cabeça e para isso você vai querer um laudo de avaliação.

 

perito

2ª – LAUDO DE AVALIAÇÃO:

Solicite um laudo de avaliação do imóvel feito por um perito avaliador devidamente habilitado junto ao Creci – Conselho Regional dos Corretores de Imóveis, a fim de garantir segurança na aquisição do imóvel. Caso a construtora se negue, contrate um perito avaliador e não aceite a opinião de qualquer um.

 

 

 

documentação

3º – DOCUMENTAÇÃO IMOBILIÁRIA

Os três passos principais para comprar uma casa são:

  1. Escritura no cartório
  2. ITBI (imposto de transmissão de bens imóveis) na prefeitura
  3. Registro no Cartório Geral de Imóveis

Como nos ensina o professor de documentação imobiliária Ari Travassos, podemos comparar a aquisição de uma casa com a de um veículo. Em primeiro lugar devemos destacar que todo imóvel tem o que se chama de Título de Propriedade e esse título precisa estar registrado no Cartório do Registro Geral de Imóveis – RGI e deve conter todos os dados do imóvel em negociação.

Ao comprar um veículo nós recebemos a Nota Fiscal da Fábrica que é levada ao Detran para fazer a matrícula. Em seguida você recebe um documento chamado DUT. No imóvel você tem  a mesma coisa só que com outros nomes: No lugar da Nota Fiscal você tem a Escritura do imóvel. No lugar da Matrícula você tem o registro no cartório de imóveis e no lugar do DUT você tem a certidão do Registro.

A tabela ficaria assim:

Carro Casa
Nota Fiscal Escritura no cartório
Matrícula do Detran Registro no cartório
Documento (DUT) Certidão do Registro

 

No caso de construtoras verifique se o Memorial de Incorporação está devidamente registrado ou prenotado no cartório de imóveis, e principalmente que o terreno onde o imóvel está construído está em nome da construtora.

Esse é um bom momento para verificar como está a situação da construtora no mercado, visitar outros empreendimentos feitos por ela e certificar-se de que ela tem um nome consolidado no mercado imobiliário.

casa-propria

4ª – VISITA DIURNA E NOTURNA

Hoje em dia com a facilidade dos celulares e tabletes, você que vai comprar um imóvel deve ir quantas vezes for necessário ao imóvel que você está comprando. Vá pela manhã, a tarde, a noite, faça vídeos dessas visitações, observe o movimento, converse com os vizinhos, veja as dificuldades de saneamento, iluminação, abastecimento de água, segurança, etc.

 

 

taxas

5ª – PESQUISA DE ÔNUS E DÉBITOS

Em primeiro lugar verifique a existência de débitos como IPTU, Bombeiro, Companhia Energética, Companhia de Abastecimento de Água, etc., em seguida analise também se existem débitos junto aos órgãos federal e estadual e solicite certidão negativa tanto de pessoa física, quanto jurídica se for o caso para confirmar falência, concordata, acidentes de trabalho, etc.

Seguindo esses passos com certeza você vai está realizando um negócio que ainda vai ter riscos, mas a chance de você se dar mal, vai ser muito menor do que fazer a transação apenas pela emoção e sem prestar atenção aos detalhes que foram expostos acima.

Agindo com calma, sem pressa e sem emoção o seu sonho de ter uma casa própria não vai se transformar num pesadelo.

Por Tomaz de Aquino
jornalista, corretor de imóveis
escritor e perito avaliador

www.blogdotomaz.com.br

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.
Câmbio
Dolar R$ 3,86
Euro R$ 4,42
Café Rota 232 ir para o canal
Vídeo
Vídeo
Curta nossa página