Perfil Empresa

Sei que não vou ouvir todos os cantos….

 

 

 

 

 

 

Hoje eu sei que não vou ler todos os livros que quero,
Não vou conhecer todos os lugares que desejo
Não vou ter todos os amigos que espero
Não vou ganhar nem a metade dos beijos

Sei que não conhecerei todos os passarinhos
Que não ouvirei todos os seus cantos
Que não salvarei todos os seus ninhos
Que não aliviarei todos os prantos

Sei ainda que não mudarei todos os homens
Não livrarei da violência todas as  mulheres
Que não darei todos os améns
Que não reclamarei de tudo que fizeres

Sei tanta coisa e não sei de nada
Acho que foi isso que Aristóteles descobriu
Que a sabedoria é montanha de “não sei” entulhada
De tanta coisa que já foi, de tanta coisa que já se viu

De tanta coisa que não se fez
De tanta coisa que não se sabe
Por isso o poeta tira de onde não tem mais uma vez
e  coloca no pote da insensatez onde sabe que não cabe

Por fim sei que não salvarei o planeta
Que não plantarei mais uma floresta
Que não secarei todas as canetas
Porque é pouco o tempo que me resta

É pouco o tempo para amar
Para contemplar o por do sol
Para sair por ai, passear
Para perder tempo com um anzol

Para colher a fruta que cai
Para observar a beleza de uma  flor
Para sair sem saber aonde vai
Para viver sempre um grande amor

É pouco tempo para os amigos já feitos
Para os novos que ainda vou fazer
Para recuperar os que foram desfeitos
É pouco tempo para se viver

Por isso não perca tempo
remoendo coisa ruim
Ganhe tempo lembrando das coisas boas
Porque senão será o seu fim

Assim use o tempo que lhe resta
Para saber o que faz você feliz
Tire da sua vida tudo que não presta
Dê a sua vida uma nova diretriz
Feliz é quem sua alma empresta
Para ouvir o que a outra alma diz

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.
Câmbio
Dolar R$ 3,87
Euro R$ 4,36
Café Rota 232 ir para o canal
Vídeo
Vídeo
Curta nossa página