Perfil Empresa

Notícia não muito agradável para o mundo político (parte dele) traz Vera Magalhães, na sua coluna de hoje, na Folha de S.Paulo:

O TSE deve revogar hoje resolução que torna inelegíveis os candidatos que tiveram contas de campanhas rejeitadas. Os partidos recorreram da decisão do tribunal e, com a troca de Ricardo Lewandowski por José Antonio Dias Toffoli, a previsão é de placar de 4 x 3 para liberar os “contas sujas“.

E aqui em Gravatá?

Ora, nós sempre dissemos não acreditar que alguma coisa relacionada a contas rejeitadas, impedisse Joaquim Neto de ser candidato a prefeito mais uma vez e sempre afirmamos que não tínhamos nenhum documento de nenhum órgão que afirmasse que ele estava inelegível.

Lembro de um galego, ex-secretário de finanças que está sempre irado, falando alto, agredindo, sem educação que usou de uma verborragia sem limite para dizer que tinha um processo tal, um processo assim, um processo assado e Joaquim Neto não seria candidato.

Estou no aguardo apenas do registro da candidatura de Joaquim Neto, que se sair prova que ele não é Ficha Suja e aí quero ver a cara dos que me criticaram pelas mainhas matérias feitas em cima de dados concretos.

Joaquim neto vai disputar mais um mandato de prefeito e com todas as chances de ganhar a eleição, porque podem dizer o que quiser, mas o que conta são documentos e não vontades, são decisões judiciais transitadas em julgado e não emoções e ressentimentos.

Se a decisão exposta acima pela colega Vera Magalhães da Folha de São Paulo for confirmada é mais um passo que garante o registro da candidatura do tucano gravataense à prefeitura de Gravatá.

estaremos no aguardo desta decisão.

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.
Câmbio
Dolar R$ 3,87
Euro R$ 4,36
Café Rota 232 ir para o canal
Vídeo
Vídeo
Curta nossa página