Perfil Empresa

Foi veiculada informação em alguns blogs e sites em especial no Blog do Magno e no Blog do Castanha  que o ex-prefeito de Gravatá  Joaquim Neto (PSDB) figura na relação provisória de gestores com contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco – TCE, em virtude de deliberação publicada em 23/10/2008, nos autos da Auditoria Especial Processo TC nº 0500325-8.

 

Contudo, ressaltamos que o ex-prefeito de Gravatá já foi julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Pernambuco em ação proposta pelo Ministério Publico Eleitoral no ano de 2010, sob o Processo nº 2184-97.2010.6.17.0000, que impugnava sua candidatura a Deputado Estadual, tendo como fundamento o mesmo processo do TCE constante da relação provisória.

 

O processo de impugnação a candidatura foi julgado e publicado em 04 de agosto de 2010, com transito em julgado em 08/08/2010, a decisão assim dispõe:

 

ACORDAM os Senhores Desembargadores do Tribunal Eleitoral Regional de Pernambuco, por maioria, em REJEITAR a impugnação ao pedido de registro da candidatura, e por conseqüência, DEFERIR o pedido de registro do candidato Joaquim Neto de Andrade Silva, nos termos do voto do Desembargador Relator, que passa a integrar o presente Acórdão.

 

Portanto, inexistem motivos para que o registro de sua candidatura a prefeito de Gravatá não seja deferido, tendo em vista o julgamento pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.  

Comentários


Você pode reproduzir esta matéria, desde que seja citada a fonte.
Câmbio
Dolar R$ 4,09
Euro R$ 4,57
Café Rota 232 ir para o canal
Vídeo
Vídeo
Curta nossa página