Rota 232 – Guia de Turismo de Pernambuco
Perfil Empresa

Você já viu como é grande a diferença de uma formiga para uma cigarra. Em primeiro lugar a formiga só trabalha em equipe. Para ela não existem obstáculos, dificuldades, caminhos ruins, perigo, etc. Ela segue em frente.

O capítulo 30 do livro de provérbios, no versículo 25 encontramos uma análise rápida sobre as formigas, diz assim: “as formigas são um povo impotente, porém no verão preparam a sua comida”. Pensando nesse verso escrevi o texto abaixo com o intuito de que devemos conciliar o exemplo da formiga com o jeito leve da vida da cigarra, leia abaixo:

A formiga Tem foco!

Ao acordar já parte para a sua caminhada de todo dia, correndo atrás do alimento e é isso que todos nós fazemos, corremos atrás de nossa sobrevivência. A formiga acorda com disposição, com garra, com determinação, sabe o que vai fazer, como vai fazer.

A sua primeira atitude é se juntar às outras, ela não fica só, forma grupos, tem relacionamentos e sabe a sua posição dentro da hierarquia social a qual pertence. Não quer ser a “rainha”, ou seja, a dona do formigueiro.

Muitas vezes a formiga assume tarefas que muitas vezes julgaríamos impossível, como carregar um peso bem maior do que o seu. Isso se chama habilidade, treino, preparação. A formiga trabalha em silêncio, por isso ela junta no inverno para comer no verão. Ela aproveita a época da “fartura” para se fartar na época da “fartura”.

E a Cigarra?

Ora, a cigarra quer levar a vida cantando sem se importar com o que vai acontecer, sem querer saber se vai ter a sua sobrevivência garantida.

Outro detalhe é que a cigarra canta sempre sozinha, por isso que quando várias cantam ao mesmo tempo, percebemos uma falta de harmonia muito grande e, para algumas pessoas, chega a incomodar aquele zumbido constante.

Tem pessoas que são assim, como a cigarra, falam tanto e sozinhas que incomoda, que causa mal estar em quem escuta. Não sabem valorizar o silêncio! O escutar, o entender e o compreender o outro.

Dessa forma, a grande diferença da formiga para a cigarra está na forma de produzir. A formiga produz em equipe, de forma eficiente, planejada, organizada, enquanto a cigarra espera para se locupletar do que os outros produzem, por isso em geral morrem secas e sozinhas.

Outro detalhe interessante na vida das formigas é o de união, de seriedade e de honestidade de umas para com as outras, não existe lugar no mundo das formigas para a “formiga esperta” por que elas sabem o velho ditado: “o problema do esperto, é que ele é tão sabido, que termina enganando todos os bestas que andam com ele e aí fica faltando bestas para ele enganar”.

Que o comportamento da formiga sirva de exemplo para todos nós em 2017. Que trabalhemos em equipe, sejamos disciplinados, organizados e partamos para o sucesso, com a confiança no nosso Deus.

Mas não esqueça de equilibrar o trabalho (vida de formiga) com o lazer (vida de cigarra) para não perder o equilíbrio.

Tomaz de Aquino
é jornalista, escritor, corretor de imóveis e perito avaliador.

programa-de-regularizacao2“Dono de fato e de direito da sua casa”

O Portal VejaCasa em parceria com o corretor de imóveis e perito avaliador Tomaz de Aquino, apresentam ao agreste e, particularmente, a cidade de Gravatá um programa de habitação legal que promove a regularização fundiária de imóveis. O projeto é parte de uma ação do Ministério das Cidades, através do ministro Bruno Araújo, que lançou a MP 759, dando o direito à população de ter a escritura de sua casa e assim da insegurança e passar a ser dono de fato e de direito de sua casa.

Além disso, será possível vender o direito de laje e cada unidade construída no mesmo terreno, sendo uma em cima da outra terão as suas escrituras e os seus registros devidos no cartório geral de imóveis – RGI.

O programa começa em 2017, após a posse do novo prefeito da cidade, Joaquim Neto, que já colocou os futuros técnicos de sua gestão para se inteirarem dessa medida e assim iniciar o ano dando esse presente ao povo de Gravatá, que é o direito de regularizar a sua casa.

Para mais informações acesse: www.vejacasa.com.br/regularize preencha o formulário e clique em enviar que a sua dúvida será tirada.

 

Já imaginou você abrir a gaveta e pegar de dentro dela a escritura de sua casa, devidamente registrada no cartório do registro geral de imóveis, que sensação maravilhosa saber que seu patrimônio está seguro e que nada, nem ninguém vai mexer com a sua casa, que você levou a vida toda para construir.

É assim que vai começar 2017 para você, regularizando a sua casa, fazendo a escritura e registrando no cartório geral de imóveis. Isso só vai ser possível porque o governo criou as condições para você ter a documentação legal do seu imóvel e passar a ser proprietário de fato e de direito.

A Veja Casa vai ajudar você a regularizar o seu imóvel, a fazer toda documentação e encaminhar aos órgãos competentes.

Procure a Veja Casa agoira e regularize a sua casa! Garanta o seu futuro e o da sua família!

A Veja Casa fica na Av. Agamenon Magalhães, 317 – Sala 3 –  Centro – Gravatá.

Acesse: www.vejacasa.com.br / passe um e-mail para: contato@vejacasa.com.br / ou um wathsapp: 9.99892523.

ricamO economista Ricardo Amorim da RICAM Consultoria, considerado pela Revista Forbes como uma das 100 pessoas mais influentes do Brasil, único brasileiro na lista dos mais importantes palestrantes mundiais segundo o Speaker´s Corner, uma das pessoas mais admiradas da imprensa eleito pela Maxpress, e o maior influenciador brasileiro do Linkedin, agradece ao jornalista Tomaz de Aquino a sua contribuição no trabalho de  divulgação de seus eventos, ajudando-o a ganhar esses prêmios.
O jornalista Tomaz de Aquino emocionado também agradece ao economista Ricardo Amorim a sua gratidão e o seu reconhecimento e afirma que os prêmio de Ricardo Amorim são frutos de sua competência e responsabilidade como profissional.
Meus caros amigos e leitores é isso que nos enche de orgulho, mas que tudo seja para honra e glória de nosso Senhor Jesus Cristo
 Vejam o que disse meu amigo Ricardo Amorim comentarista da Rede Globo e palestrante:
“Oi, Tomaz, tudo bem?

2016 foi um ano de aprendizados. No Brasil, tivemos um ano cheio de momentos difíceis, mas que trouxeram mudanças importantes. Na minha própria vida, tanto com meu livro Depois da Tempestade, como em novos projetos que minha equipe e eu estamos executando, aprendi que precisamos nos renovar constantemente, buscando novas perspectivas.

Agradeço a você por acreditar no meu trabalho e me possibilitar ganhar os prêmios de maior influenciador brasileiro do LinkedIn e um dos mais admirados da imprensa de Economia, Negócios e Finanças nesse ano.

2017 está cheio de oportunidades para quem conseguir enxergá-las e souber como aproveitá-las. Conte comigo para ajudar a sua equipe, parceiros e clientes a fazer isso.

Ótimas festas e um 2017 repleto de conquistas,Ricardo”,

bandaA escolha se deu hoje e junto com a banda Sociedade Musical XV de Novembro, mais cinco nomes importantes da nossa história passam a figurar nessa lista, o cantor Claudionor Germano, o poeta Dedé Monteiro, o rendeiro Mestre João Elias, o mamulengueiro Mestre Zé Lopes, o Clube Carnavalesco Mixto Seu Malaquias.

Não podemos esquecer que tal honraria é orgulho para Gravatá e é fruto do trabalho incansável de homens que dedicaram a sua vida a entidade como Manoel Bombardino, Vavá e o Maestro Adelson entre outros, verdadeiros generais da banda.

A Banda foi eleita pelo Conselho de Preservação do Patrimônio Cultural (CPPC).

Parabéns a Banda XV de Novembro, parabéns a esses guerreiros que nos dão alegria, mesmo em momentos tão difíceis como esses que estamos vivendo.

livro-arraesTive o prazer e a honra de trabalhar com o governador Miguel Arraes durante o seu segundo governo, indicado pela deputada Cristina Tavares de quem fui assessor durante os 12 anos de seu mandato como deputada federal e que também era aliada de Jarbas Vasconcelos a quem também servi como assessor de comunicação na prefeitura do Recife e depois no governo do estado.

Depois do retorno do exílio de Miguel Arraes fui nomeado por ele como conselheiro da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos – EMTU, do qual fui coordenador e assessor de comunicação de 86 a 90.

Nesse período pude acompanhar as divergências políticas entre ele e aliados históricos como Jarbas Vasconcelos e Cristina Tavares  a quem segui quando romperam com Miguel Arraes. Arraes fundou o PSB, enquanto Jarbas ficou no PMDB e Cristina fundou o PSDB, partido ao qual também me filiei e fui secretário e técnico do Instituto Teotônio Vilela.

Da convivência com o governador Miguel Arraes tirei algumas lições muito úteis para a minha vida como dar a resposta sincera a quem for necessário, a ser prático, direto e objetivo, a desenvolver várias habilidades a fim de estar preparado para alguma emergência e enfim a buscar o consenso, fazer alianças, separar a vida política da vida pessoal e a articular.

Sinto saudades de seu estilo e deixo como lembrança dessa época, uma reunião que aconteceu entre ele seus secretários e vários assessores e eu novo, 32 anos, entusiasmado, fiz uma proposta na reunião. O Dr. Miguel Arraes olhou para mim, perguntou quantos eu tinha, respondi e então ele arrematou: “Você ainda tem muito pra perder. Eu não! Tudo que eu fizer tem que ter resultados positivos e precisa se transformar em benefícios para o povo”.

Como na vida não se agrada a todo mundo, hoje sai esse livro “100 anos de Miguel Arraes” para se juntar a outros como “O Brasil, o povo e o poder escrito por Miguel Arraes quando estava fora do país e que  conta um pouco da sua ação política e que lerei com muito prazer, mas também outros interessantes de aliados que se tornaram inimigos e que merecem serem lidos também, como o “Mito pelo Avesso” do engenheiro e diretor de seu governo Eldenor Moraes.

Esse era o pai Arraia dos pobres, o homem do chapéu de palha, o líder político de Pernambuco e do Brasil que agradou a muitos e desagradou a outros tantos.

laudimiroO Rio de Janeiro transformou-se na última semana no espaço do corretor de imóveis com a realização do III CONGRESSO ESTADUAL DE CORRETORES DE IMÓVEI, promovido pelo ” SISTEMA COFECI – CRECI”.

O evento que aconteceu no MÁRIO HENRIQUE SIMONSEN – CENTRO DE EVENTOS – BLOCO 8..

teve como tema a discussão das  PRINCIPAIS ALTERNATIVAS e OPORTUNIDADES do MERCADO IMOBILIÁRIO.

Debatendo assuntos de interesse da categoria como:

” LOCAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO DE IMÓVEIS: CENÁRIO. PERSPECTIVAS E PROCEDIMENTOS. Wilson Martins

AVALIAÇÃO DE IMÓVEIS – ” O QUE O CORRETOR PRECISA SABER PARA AVALIAR UM IMÓVEL ” Frederico Mendonça

” INCORPORAÇÃO IMOBILIÁRIA ” – Melhin Namen, entre outros.

O anfitrião Manoel Maia presidente do Creci RJ entregou no final uma placa de agradecimento em homenagem aos palestrantes.

O coordenador e organizador do evento Laudimiro Cavalcanti sempre presente nos grandes eventos e sempre trabalhando para a classe dos corretores é também responsável pela Rodada de Negócios do Enbraci – Encontro Brasileiro de Corretores de Imóveis.

Rodada de Negócios do Cofeci por Laudimiro Cavalcante

Rodada de Negócios do Cofeci por Laudimiro Cavalcante

 

vereadores-com-jn

foto: PernambucoNotícias

Depois de conseguir a adesão de Paulo Farias e Nino da Gaiola, os dois do PSB para a sua base de apoio, passando a ter maioria na câmara, ou seja, nove vereadores, o prefeito eleito de Gravatá Joaquim Neto agora trabalha para conseguir os dois terços, isto é 10 vereadores.

Dessa forma, existem conversas de bastidores que apontam Régis da Compesa como o próximo vereador a aderir à base de sustentação do governo Joaquim Neto, o que deve ocorrer depois da negociação da mesa diretora, onde Léo do Ar deve assumir a presidência e Régis deve ocupar um dos cargos de direção e assim fazer parte do novo governo.

Praticamente nenhum instituto de pesquisa acertou o resultado das últimas eleições.

Por isso, não acredito mais em pesquisas até que me provem o contrário. Os últimos resultados das pesquisas eleitorais tanto no Brasil como em outros países mostraram que as empresas estão perdidas e que depois das redes sociais a capacidade de prever, acertar as escolhas está ficando cada mais prejudicada.

Essa última do Datafolha divulgada recentemente mostrando Lula em primeiro lugar no primeiro turno e Marina o derrotando no segundo não passa de uma grande jogada de marketing do PSDB, que adota a estratégia de colocar o seu mais ferrenho inimigo (LULA) cada vez mais alto para na hora certa puxar o seu tapete, deixando o caminho livre para derrotar o seu segundo inimigo (MARINA) e assim vencer as eleições com Alckmin ou outro nome da legenda.

O PSDB sabe que Lula não poderá ser candidato em 2018, pois estará condenado pela Lava Jato e assim nada mais estratégico, do grego Estratego Ago, ou seja aquilo que vem antes, do que antecipar a derrotar criando a falsa imagem de que ele ainda é popular e de que ele ainda será um forte candidato em 2018, o que convenhamos ser uma balela, pois Lula jamais ganharia novamente a presidência da República..

Com isso não nascerá no PT outra estrela, isto é, nenhum outro nome será tão carismático ou tão “forte” em tão pouco tempo para ganhar espaços na política e ser um candidato competitivo para disputar com o candidato tucano as próximas eleições.

Além disso, o PSDB prefere disputar com Marina Silva o segundo turno das eleições ao invés de ter que lutar contra LULA e contra o PT, inflamado pelas derrotas políticas, jurídicas e morais dos últimos anos.

Assim o PSDB e seus aliados como o PMDB de Temer, o PPS de Roberto Freire e outros manipular as pesquisas para forjar uma falsa realidade a fim de garantir a sua vitória nas eleições de 2018.

Confira os números a seguir, de acordo com a fonte: pragmatismopolítico jusbrasil,

(Cenário 1, quando Aécio Neves é o candidato do PSDB — pesquisa estimulada)

Aécio Neves (PSDB) — 24%Luiz Inácio Lula da Silva (PT) — 20%Marina Silva (REDE) — 19%Jair Bolsonaro (PP) — 6%Ciro Gomes (PDT) — 5%Eduardo Jorge (PV) — 2%Michel Temer (PMDB) — 1%Brancos e Nulos: 16%

(Cenário 2, quando Geraldo Alckmin é o candidato do PSDB — pesquisa estimulada)

Marina Silva (REDE) — 23%Luiz Inácio Lula da Silva (PT) — 20%Geraldo Alckmin (PSDB) — 12%Jair Bolsonaro (PP) — 7%Ciro Gomes (PDT) — 6%Luciana Genro (PSOL) — 3%Eduardo Jorge (PV) — 2%Brancos e Nulos:19%

(Cenário 3, quando José Serra é o candidato do PSDB — pesquisa estimulada)

Marina Silva (REDE) — 23%Luiz Inácio Lula da Silva (PT) — 21%José Serra (PSDB) — 15%Jair Bolsonaro (PP) — 6%Ciro Gomes (PDT) — 5%Luciana Genro (PSOL) — 3%Michel Temer (PMDB) — 2%Eduardo Jorge (PV) — 2%Brancos e Nulos: 18%Não sabe: 6%

fernandoO deputado federal Jarbas Vasconcelos que vem ganhando espaços no governo Paulo Câmara, onde já conta com a presença de seu apadrinhado Raul Henry, acaba de dar mais um lance no tabuleiro para consolidar-se como um aliado de peso nas eleições de 2018, indicando para a secretaria de Desenvolvimento de Pernambuco, o economista Fernando Dueire que já foi secretário de Jarbas e também superintendente do Metrô.

Irmão de Tereza Dueire conselheira do Tribunal de Contas de Pernambuco, e do ex-secretário de obras Joaquim Francisco, Pedro Caminha Dueire, Fernando vai substituir Thiago Norões, que entregou o cargo em novembro alegando questões pessoais e seu retorno ao mundo jurídico.

Particularmente, já tive a oportunidade de trabalhar com Fernando, prestando serviços de assessior de comunicação quando ele esteve a frente do Metrô e posso dizer que Pernambuco que só tem a ganhar com seu retorno ao serviço público, pois é um homem sério, comprometido com o desenvolvimento de Pernambuco e com certeza vai ajudar o estado a sair dessa crise.

Portanto, a partir de 2017 o mercado imobiliário passa a contar com um interlocutor que tem experiência em grandes projetos e vai ajudar a destravar algumas ações que vão colaborar com a retomada do setor da construção civil em 2017, como a refinaria Abreu e Lima, a adutora do Agreste, os novos polos de desenvolvimento em Goiana, Caruaru, Santa Cruz e Petrolina, a transposição do Rio São Francisco e tantos outros, alavanacando a economia e atraindo investimentos para as micro regiões do estado.

 

Câmbio
Dolar R$ 3,87
Café Rota 232 ir para o canal
Curta nossa página