Fotor_146245423769829

Eliezer Andrade colunista da Rota232

Estupidez é o substantivo feminino aplicado a uma pessoa estúpida, obstinada que nunca cede em seus pontos de vista.  Ela sempre se julga certa, mas é incapaz de se concentrar em algum projeto.  É uma pessoa crítica que vê erros em todos, sabe tudo, mas nada produz.  Dizem que estupidez e obstinação não são mentais, mas espirituais.  É um tipo insensato que gosta de brigas, de discussões e de bate-boca.  Desde que forme e componha um grupo maior, a tendência dos estúpidos é de provocarem tumultos e badernas sem terem noção do que estão fazendo ou propondo.

Pela necessidade de economia, a nova equipe de governo entendeu extinguir o Ministério da Cultura, notícia que desagradou a muitos artistas e intelectuais. Na verdade, não foi extinto o ministério em si, mas simplesmente colocado em nível de Secretaria, posição bem definida e favorável à sua atuação.

Na história republicana, desde o governo Getúlio Vargas a partir de 1930 até o governo José Sarney em 1990, o Ministério da Educação e Cultura passou por várias provas e alterações chegando a Ministério da Educação e Cultura.  Já foi denominado Ministério da Educação e Desporto na década de 1990.

É difícil entender o que pretendem os admiradores do extinto Ministério da Cultura se na verdade conhecem a sua finalidade ou se o entendem apenas para a mantença de folclore, lendas e mitos a exemplo da lenda do Saci Pererê.  Pelo Aurélio, cultura é o desenvolvimento de um grupo social ou de uma nação pelo aprimoramento de valores, civilização e progresso que é fruto do esforço coletivo para a sua efetivação;  educação é um processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual e moral da criança ao adulto, visando à sua melhor integração individual e social para a formação natural de uma cultura. 

O historiador alemão Kluckhohn, diz que “Cultura é uma maneira de pensar, sentir, crer. Os conhecimentos são armazenados para o futuro”. Já o antropólogo Louis Luzbetak diz que:  “Cultura é um plano conforme o que a sociedade se organiza para funcionar no seu ambiente físico e social, bem como no seu mundo de idéias”.

Conclui-se que, se a própria educação não for definida com um padrão de qualidade objetivo e efetivo, perde-se tempo em movimentos e discussões retóricas dominadas pela demagogia, sem a clara definição de um projeto prático e sustentável, priorizando um ensino básico que realmente funcione e assegure para o futuro uma real cultura.

Alguns países europeus têm seus Ministérios da Cultura, a exemplo da Suécia que atua em duas esferas de ação:  política cultural e política de comunicação de massas.  A Finlândia, país nórdico da Europa, possui um dos sistemas de ensino e educação mais elogiados do mundo e não tem ministério da cultura, mas possui uma história cultural impressionante.  A sobrevivência da Suíça é intimamente relacionada à educação.  O Ministério da Cultura da Holanda possui acervos culturais online que funcionam.   A Inglaterra trata a cultura como política de Estado.  A taxa de literatura da Islândia é das mais elevadas do mundo e talvez não precise de um ministério da cultura.

 

Literalmente falando, quer nos parecer que existe falta de percepção íntima desses militantes, ou seja, falta de um cuidadoso auto-exame de uma melhor perspectiva da vida em geral e saber exatamente entender o que se pretende em comparação com o resto do mundo civilizado.  Como diz o adágio popular:  “São avestruzes com as cabeças enterradas na areia, muitos não podem ver as coisas que os cercam”.   O Brasil está enfrentando uma crise desesperadora e em lugar de confrontos inúteis neste momento, melhor é substituir o hábito por um pensamento real e aguardar os acontecimentos.

O acadêmico da ALAG – Academia de Letras e Artes de Gravatá Geraldo Ferraz, envia a programação da sexta edição do Encontro Cariri Cangaço que reúne pesquisadores, historiadores e apaixonados pela temática do cangaço que tanta história fez nos sertões nordestinos.

Durante o evento que acontece de 26 a 28 de maio, na cidade de Floresta – PE, Geraldo falará sobre a vida e a luta do Coronel Theophanes Ferraz Torres, seu avô, pioneiro no combate ao banditismo rural, reinante nas décadas de 10 e 20 do Século Passado.

O Cariri Cangaço é considerado o maior e mais respeitado evento do gênero no país.

Abaixo você tem o link para mais informações:

http://cariricangaco.blogspot.com.br/2015/12/cariri-cangacofloresta-2016-porjorge.html

Cariri Cangaço…Floresta 2016 Por:Jorge Remigio

 Amelia, Jorge Remígio, Manoel Serafim, Aninha Ferraz, Narciso Dias e Manoel Severo em Floresta
 

Ir até Floresta no primeiro Cariri Cangaço em solo pernambucano, é como retroceder no tempo, indo até a gênese do cangaço lampiônico. É ir até à casa dos perseguidores contumazes do terror do sertão. Os famosos Nazarenos. A região que circunda a cidade de Floresta, foi palco de importantes episódios na história do cangaço. Fatos que precedem o cangaço de Lampião, como os embates de Cassimiro Honório e José de Souza na região do Navio. Cangaceiros de honra. 

Região onde atuou Horácio Cavalcanti de Albuquerque, conhecido como Horácio Novais. Em um primeiro momento fazendo um cangaço de honra, de vindicta. Porém, no curso do seu cangaço, passa a adotar outras atitudes. Abandona os objetivos iniciais e faz a transtipicidade para um cangaço de ‘negócio”’, de meio de vida, aliando-se várias vezes ao grupo de Lampião, causando transtorno à sua importante família. 

Região onde atuou o grupo dos Cablocos ou Pequenos, de atuação também do cangaceiro Antônio Germano e também dos irmãos Marinheiro. Então , Floresta é um complexo que envolve fatos retumbantes na história do cangaço, locais emblemáticos e de importância tamanha para nossos estudos e o principal que foram às pessoas dessa região que se envolveram de alguma forma nesse fenômeno chamado cangaço. Quem viver verá!

Então que venha o Cariri Cangaço Floresta em Maio de 2016!

Jorge Remígio
Pesquisador, Conselheiro Cariri Cangaço

 

Programação Cariri Cangaço Floresta

 

Acolhida Cultural: Intervenção Teatral "Floresta – História Viva".

Dia 26 de Maio  (Quinta-Feira)

19:00 h – Patamar da Igreja do Rosário

Grupo de Artes Cênicas Caroá & Cia

19:30 h Câmara Municipal de Floresta

Formação da Mesa Solene e Autoridades

Apresentação do Cariri Cangaço

Entrega de Diplomas e Homenagens

Solenidade de Abertura

Lançamento – "Manifesto de Restauração do Batalhão de Floresta"

Mesa da Conferencia de Abertura

Manoel Severo

Ivanildo Silveira

João de Sousa Lima

Leonardo Ferraz Gominho

Lançamento

“As Cruzes do Cangaço – Os Fatos e Personagens de Floresta ”

Marcos de Carmelita e Cristiano Ferraz

João de Sousa Lima

Apresentação da Obra

Leonardo Ferraz Gominho

Apresentação dos Autores

Conferência de Abertura

“As Cruzes do Cangaço – Os Fatos e Personagens de Floresta”

Marcos de Carmelita e Cristiano Ferraz

Dia 27 de Maio  (Sexta-Feira)

Nazaré

8:00 h Saída para Nazaré do Pico

Concentração em frente à Câmara Municipal de Floresta

9:00 h Hasteamento do Pavilhão Nacional e Municipal em Nazaré

9:30 h Fazenda Jenipapo

Netinho Flor e Mabel Nogueira

10:20 h Fogo do Enforcado

Zinho Flor

11:20h Fazenda Ema

Coronel Antenor Araujo Sobrinho

13:00 h Nazaré do Pico

Almoço

Formação da Mesa e Entrega de Diplomas

14:30 h Visitas em Nazaré do Pico

Campo Santo de Nazaré

Baraúna dos Revoltosos

Bustos dos Heróis de Nazaré

16:00 h Clube de Nazaré

Homenagem aos Valorosos Nazarenos

Poço do Negro

"João Gomes de Lira – O Soldado e o Pai"

Mesa da Conferencia

Juliana Pereira

Manoel Severo

Aderbal Nogueira

Jose Tavares

Conferência

Rubelvan Lira

"Genealogia dos Flor"

Netinho Flor

 18:00 h

Lanche Sertanejo e Apresentação Artística na Praça

Orquestra de Sanfônica de Carnaíba

Xaxado de Serra Talhada

Dia 28 de Maio (Sábado)

Floresta

8:30 h Saída para a Fazenda Poço do Ferro

Local onde morreu Antônio Ferreira, irmão de Lampião

Washington Lima ( Bisneto de Anjo da Gia)

Concentração em frente à Câmara Municipal de Floresta

10:30 h  Fogo da Varjota pelo cangaceiro Moreno

Pertencente ao cel. “Anjo da Gia”

12:00 h Almoço em Floresta

14:30 h  Saída para  Fazenda Tapera

Local da Chacina dos Gilo

17:30 h Foto Histórica no Batalhão de Floresta

19:30 h Câmara Municipal de Floresta

Mesa das Conferencias

Manoel Severo

Archimedes Marques

Narciso Dias

Conferências

"A História de Floresta"

Leonardo Ferraz Gominho

"Os Punhais do Cangaço"

Denis Carvalho

"Theophanes Ferraz Torres"

Geraldo Ferraz

Dia 29 de Maio (Domingo)

Floresta

Grupo Florestano de Estudos do Cangaço

8:30 h Café com Sanfona

Floresta Hotel

Lançamento do GFEC

Marcos de Carmelita

Discussão sobre o Projeto da Editora Cangaço

Manoel Severo

Professor Francisco Pereira

Ângelo Osmiro

Manoel Serafim

Raul Meneleu

bota foraEssa frase é emblemática e serve para os novos tempos que estamos vivendo.

Algumas pessoas se acomodaram tanto com a crise que nem sequer vêm saída para solucionar os seus problemas, encontrar novos caminhos e voltar a fazer a diferença na sua vida profissional e pessoal.

A crise é feito areia movediça: quanto mais você mexer o seu corpo dento dela, mas vai afundar. Você tem que sair. Não importa como, o objetivo é sair e sair bem. O ideal é “mexer” com a cabeça, ou seja olhar para os lados e pensar como vai sair da crise, perceber de onde vai vir a ajuda externa que vai segurar a sua mão e lhe dar a força necessária para você poder se soltar.

Para sair da crise ou da areia movediça o movimento tem que ser de fora para dentro, isto é alguém tem que lhe puxar, que lhe ajudar da alguma maneira , dando alguma coisa para você se agarrar e se retirado.

A Bíblia diz que é melhor que sejamos dois do que um, porque se um cair o outro ajuda a levantar. Por isso é importante termos alguém que possa nos puxar para fora da areia movediça formada pela insegurança, pela desconfiança, pelo desânimo, pelo medo.

Isso significa que é na crise que devemos perceber o momento crucial de firmarmos novas parcerias, buscarmos novos projetos, iniciarmos novos negócios, encontrarmos alternativas consistentes para vencer os obstáculos.

Todo momento de crise é ponto de inflexão! É o momento exato de você puxar o freio de mão e soltá-lo imediatamente. Dar uma guinada, “um cavalo de pau”, mudar a direção da sua vida. Para isso é preciso agir com rapidez, coragem e ousadia. Só assim é possível romper com o passado, não se apegar ao que ficou para trás e trilhar novos caminhos.

A crise é a hora de você dar um basta no que você fez a vida inteira e passar a fazer o que você gosta e que nunca teve coragem de fazer. Todas as pessoas que estiveram a beira da morte, quando se recuperam passam a ser outras pessoas. Encontram forças para viver com mais confiança, com mais alegria, com mais certeza de que vale a pena viver.

Em geral passam a ter outras atividades e outras formas de viver e sobreviver, valorizando mais as coisas que gosta de fazer e deixando de lado o que fazia por fazer ou por necessidade de manutenção do dia a dia, muitas vezes de forma angustiada, sofrida, calada, morrendo por dentro a cada dia. Se você quer ser músico, aproveita a crise e vai ser músico. Se você quer ser um comerciante, inicie o seu negócio.  Se você que ser artista, vai ser artista.

Lembre-se fazer o que gosta é o primeiro passo para tornar uma pessoa feliz. E feliz é quem está em Paz. Em nenhum momento Jesus prometeu felicidade, pelo contrário Ele disse que nesse mundo teríamos aflições. Mas, também afirmou que nos deixava a sua Paz. Isso mostra que mesmo em situações extremas podemos estar em Paz.

Portanto, viva em paz, faça o que você gosta e sai da crise.

Os melhores palestrantes do mercado imobiliário do Brasil juntos pela primeira vez

Os melhores palestrantes do mercado imobiliário do Brasil juntos pela primeira vez

24 palestrantes de todo Brasil estarão se revezando durante três dias na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, no Conacor- Congresso Nacional dos Corretores de Imóveis que acontece de 16 a 18 de junho.

O jornalista Tomaz de Aquino estará presente proferindo a palestra “Comunicação e Captação no Mercado Imobiliário” onde mais uma vez apresentará o seu livro Caçadores de Imóveis – Comunicação e Captação no Mercado Imobiliário.

Durante o evento será lançando o projeto “CLIC – Capacitação e Liderança Corporativa” um site que vai oferecer cursos no método EAD voltados para a Capacitação Empresarial destinado a líderes de diversas áreas, com destaque para os que atuam no mercado imobiliário.

Inicialmente serão oferecidos cursos de Comunicação e Oratória, Direito Imobiliário, Formação Política, Redação Legal, Operações Imobiliárias e outros cursos livres com direito a certificado, garantindo uma especialização para os profissionais que querem fazer a diferença no setor em que trabalham.

Você também vai poder assistir ao Conacor – Congresso Nacional dos Corretores de Imóveis de forma 100% on line através do site www.conacor.com.br.

Não perca essa oportunidade de se capacitar e se qualificar para sair do anonimato e fazer sucesso no mundo dos Caçadores de Imóveis.

Com esperança de dias melhores para o mercado imobiliário toma posse dia 17/5, em Brasília, a nova diretoria da Fenaci

Empossada oficialmente em março, a diretoria da Fenaci (Federação Nacional dos Corretores de Imóveis) para a gestão 2016/19, terá sua cerimônia solene de posse na noite de 17 de maio, a partir das 20h, no Salão Ball Room do Royal Tulip Hotel, em Brasília.

A principal expectativa do corretor de imóves Joaquim Ribeiro, que está à frente da entidade desde 2013, é que a gestão “coincida com uma nova era para o Brasil, resultante desse processo de depuração política que está passando a limpo o país e que, esperamos, o recoloque nos trilhos do desenvolvimento econômico e social. Nos planos da equipe econômica do novo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, estão medidas que podem resultar em alento para o mercado imobiliário, o que nos deixa esperançosos quanto ao futuro”.

Reeleito no final do ano passado para a presidência da entidade, Ribeiro é corretor de imóveis desde 1978, na cidade onde nasceu, São José do Rio Preto (SP). Já foi presidente do Sciesp (Sindicato dos Corretores de Imóveis de São Paulo), presidente e fundador da ABMI (Associação Brasileira do Mercado Imobiliário) e participou também, em 1986, da fundação da Fenaci, entidade que preside desde o início de 2013.

Com sede em Brasília, a Fenaci coordena as atividades de 26 sindicatos de corretores de imóveis no país, que atuam num universo composto por cerca de 350 mil profissionais em todo o Brasil. Entidade sindical de grau superior com base territorial nacional, a Fenaci foi fundada em 31 de outubro de 1986. A Fenaci é filiada União Geral dos Trabalhadores (UGT).

Homenagens – Para a nova gestão, Ribeiro tem uma série de propostas, entre as quais, criar uma agende para que os 26 sindicatos de corretores de imóveis tenham uma programação mensal de palestras para ampliar a capacitação; a assinatura de convênios que beneficiem a categoria, como a aquisição de carros em condições especiais de financiamento; e o estímulo às web-aulas, com o incremento da universidade corporativa da entidade.

Na oportunidade deverão ser homenageados, pela atuação no Congresso e apoio a causas dos corretores de imóveis, a senadora Ana Amélia de Lemos e os deputados federais Edinho Araújo e professora Dorinha Seabra Rezende.

Professor Frederico Mendonça de paletó beje formando mais uma turma

Professor Frederico Mendonça de paletó beje formando mais uma turma

Com a conclusão do curso de Avaliadores de Imóveis e Peritos Judiciais realizado nos dias 10 11, 12 e 13 de maio na cidade de Caruaru, 32 novos profissionais do mercado imobiliário tornaram-se avaliadores de imóveis e peritos judiciais, estando aptos para emitirem o PTAM – Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica e ainda realizarem a sua inscrição no CNAI – Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários.

O curso foi ministrado pelo professor da FCAP –  Frederico Mendonça quem também é advogado, corretor de imóveis e perito avaliador e já se tornou referência no mercado em função de ter escrito a trilogia Administração de Imóveis, Avaliação de Imóveis e Operações Imobiliárias contribuindo dessa forma para o desenvolvimento dos corretores de imóveis.

O próximo curso de Avaliação de Imóveis e Perícias Judiciais acontece no Recife  a partir do dia 17 e vai até o dia 20 de maio e ainda dar tempo de você fazer a sua inscrição e tornar-se uma avaliador de imóveis capacitado  e um perito judicial apto a operar no mercado de avaliações onde seja necessário a emissão de um parecer de um especialista imobiliário.

A Rota 232 com a sua área de Cursos e Treinamentos estará realizando a cobertura desse grande evento a fim de garantir a divulgação de ações positivas no mercado imobiliário.

Não perca essa oportunidade de transformar a sua carreira,ampliar a sua renda e sair do anonimato.

 

Fotor_146245423769829  “E disseram uns aos outros:  Vinde, edifiquemos para nós uma cidade e uma torre cujo tope chegue até aos céus e tornemos célebre o nosso nome, para que não sejamos espalhados por toda a terra.  Então, desceu o Senhor para ver a cidade e a torre, que os filhos dos homens edificavam;  e o Senhor disse:  Eis que o povo é um, e todos têm a mesma linguagem.  Isto é apenas o começo;  agora não haverá restrição para tudo que intentam fazer”  (Gênesis 11.4-6).

Este texto retrata a continuidade da rebelião do homem contra o Criador, mesmo com a imposição de julgamentos incluindo o dilúvio.  Motivados pelo orgulho e pela arrogância, eles pretendiam que a edificação da torre tornasse seus nomes famosos.   Preocupado com a potencialidade da humanidade de tornar-se tão pervertida quanto antes do dilúvio, Deus os dispersou dali pela superfície da terra e ainda impôs a confusão de línguas onde também se inicia a história das diversidades raciais, étnicas, culturais e familiares.  Estava, assim, estabelecido por Deus o livre arbítrio. Na Sua onipotência, Deus não se deixou abater e como sempre misericordioso, concedeu graça a um homem chamado Abraão e nele estabeleceu nova promessa de estender bênçãos a todas as pessoas, em todos os lugares  (Gênesis 22.15-18).

Nesta linha de pensamento, será que se pode atribuir ao livre arbítrio as causas dos males da civilização pela inabilidade mental do homem de entender os motivos que jazem atrás do seu comportamento destruidor?   O livre arbítrio foi dado por Deus que, ao mesmo tempo, proveu o homem de sabedoria para discernir o que é bom e o que é mau.  O homem é que desde o início teve a sua mente sempre inclinada para a prática do mal. Numa tentativa de caminhar na direção certa para influenciar o comportamento social, adotou-se a religião, mas a despeito da sua fé numa Divina Providência, o homem continua a cometer arbitrariedades e males contra o seu semelhante.  Psicólogos e psiquiatras acreditam que “a influência da religião por si só ainda é impotente para impedir crimes e curar as perturbações mentais do indivíduo”.  A psicanálise descobriu que “a solução do enigma do comportamento humano não reside no estudo que o homem executa e nem na tentativa de convencê-lo de que é compensador ser bom. Reside apenas no desejo de fazê-lo entender o porquê do seu comportamento”.

Em nossos dias, a grande maioria está convencida de que o comportamento anormal é uma doença da mente – uma doença da personalidade.  Diz-se também que a religião está se voltando para a psiquiatria em busca de auxílio e mostram o sucesso dos livros de auto-ajuda como prova de entender de forma profunda os conflitos emocionais e por meio disto, sentir um conforto espiritual através do perdão.  Para os religiosos, a melhor leitura deve ser buscada nas Escrituras Sagradas com os perfeitos e sábios ensinamentos do Senhor Jesus a respeito do perdão como a cura para todos os males físicos e espirituais.

Por, Eliezer de Andrade.

cartaz curso avaliaçãoE ai meus amigos corretores, vocês vão sair da crise ou vão viver na crise?

Só existe um jeito de você sair da crise.

Fazer diferente o que todo mundo está fazendo igual.

É preciso inovar, encontrar novas estratégias, capacitar-se, preparar-se. Só assim vai encontrar novas alternativas para superar os obstáculos.

Você pode, por exemplo, tornar-se um perito avaliador de imóveis com um bom curso de qualificação e assim enriquecer seu currículo, tornando-se um especialista, ampliando sua rede de contatos e de negócios, além de aumentar a sua renda.

Na próxima semana você vai ter a oportunidade de tornar-se um Perito Avaliador de Imóveis, pois Caruaru está recebendo o Professor Frederico Mendonça, um dos maiores nomes ligados à educação imobiliária do Brasil, com uma trilogia que trata de temas importantes para os profissionais de corretagem como Administração, Avaliação e Operações Imobiliárias.

O curso de Avaliação e Perícias Judiciais vai acontecer nos dias 10,11, 12 e 13 de maio no Caruaru Shopping, das 13 às 19 horas, para cumprimento da exigência legal para o corretor poder tornar-se um perito avaliador e assim garantir uma situação melhor e também uma posição de destaque no mercado.

Eu fiz o curso com o professor Frederico Mendonça e posso dizer que foi muito importante, pois fez uma grande diferença na minha vida, na minha visão e também nas minhas atividades pedagógicas e profissionais.

Portanto, corretor e também você que ainda não terminou o seu curso de Técnico de Transações Imobiliárias, inscreva-se logo, são poucas vagas garanta a sua e abra a porta para sair da crise.

Ligue agora e 9.95030518 (wayhsapp) e fale com o professor Tarcísio carvalho.

Acesse www.rota232.com.br e tenha mais informações.

Costumamos pronunciar “Os quatro Evangelhos”, quando na verdade, temos um só evangelho escrito por quatro autores.   São estes evangelhos que registram os acontecimentos do ministério terrestre do Senhor Jesus, e registra, ainda, momentos onde Ele é colocado frente a frente com uma situação política.

A começar pela Sua consagração no deserto, logo após ter sido batizado e conduzido pelo Espírito, o diabo aparece para Lhe tentar, mostrando-Lhe todos os reinos do mundo e a sua glória (Mateus 4.8-10).  Mesmo reconhecendo o sofrimento da humanidade com relação à pobreza, às doenças e às injustiças e tendo convicção de que poderia ter a solução para estabelecer a ordem, Jesus não demonstrou o mínimo interesse na oferta satânica de se tornar um governante mundial.

Noutra oportunidade, quando interrogado acerca do tributo, fariseus e herodianos querendo apanhá-Lo em falhas, forçaram-No a se tornar um ativista político porque era desejo dos fariseus se tornarem independentes do Império Romano  (Marcos 12.13-17).  Percebendo a hipocrisia deles, mais uma vez Jesus se recusou respondendo:   “Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. Com estas palavras, Jesus identificou e determinou a incompatibilidade entre o “ser” e o “ter” pelo preço do reino deste mundo.   Nas entrelinhas, Jesus quis dizer:   “Aos da terra, dê o que lhes pertence, pois neste mundo paga-se para ser e ter, mas o Senhor Deus, se os da terra soubessem, creriam que Ele é o dono de tudo e Senhor sobre tudo, tendo poder sobre tudo e, quem crê nisto, é livre de tributo, mas estando no mundo, pague o que é devido aos da terra”.

Por fim, após a multiplicação dos pães e peixes, vendo o milagre, a multidão quis arrebatá-lo para O proclamarem rei, mas Jesus conhecendo a intenção dos seus corações retirou-se e foi sozinho para o monte  (João 6.14,15).

Em todas estas três ocasiões, fica bem claro que Jesus não quis se envolver com temas políticos. Da mesma maneira, não teve qualquer iniciativa para promover campanhas ou movimentos para eliminar as injustiças do mundo, porque para todo aquele que O temer, nascerá o sol da justiça.  Poucos sabem que Jesus veio ao mundo para tratar das coisas do céu.

 

Por Eliezer de Andrade professor e colunista do Rota232

Papo de EmpreendedorPapo de Empreendedor, este é o título de um evento que a Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic), através da Acic Jovem, realiza nesta quinta-feira, dia 5 de maio, em Caruaru. Na ocasião, os participantes vão conhecer as histórias de dois jovens empreendedores: Jaime Espósito e Mayara Soares.

Jaime vai apresentar um pouco de sua história como empreendedor e presidente da Associação Comercial e Empresarial de Arcoverde (ACA); Mayara vai tratar dos desafios de uma jovem à frente da Secretaria de Planejamento e Gestão, órgão ligado à Prefeitura de Caruaru.

O presidente da Acic Jovem, Luiz Vicente, destaca a importância desta iniciativa, a primeira neste formato realizada pela Entidade: “a ideia é tratar do assunto empreendedorismo de forma leve, descontraída, através de um papo mesmo. Será uma oportunidade de troca de informações entre os jovens que estarão presentes no evento, afinal, o tema está em forte evidência no país.”

O Papo de Empreendedor vai ser realizado na Livraria Nobel, no Caruaru Shopping, na quinta-feira, dia 5, às 17h. Para participar, basta fazer a inscrição pelo site http://goo.gl/forms/csUS0tAqfn ao preço de R$ 20 para associados da Acic e R$ 30 para não associados.

Câmbio
Dolar R$ 3,23
Euro R$ 3,65
TV Rota 232 ir para o canal
Curta nossa página